Imprimir Notícias

Alagoas mobiliza setor da Panificação - Postada em 12-04-2012 às 07:26:37





A 1ª Mobilização para o Desenvolvimento do Setor de Panificação reuniu vários empresários em Maceió/AL, com o slogan: “Padaria no Século 21 – Mudar ou morrer?”. O evento contou com palestras e a apresentação de um diagnóstico do mercado de Panificação no estado. “Precisamos transformar a mentalidade dos empresários locais sobre as oportunidades do mercado de padarias. Ou inovamos ou fechamos as portas”, disse Alfredo Dacal, presidente do Sindipan de Alagoas. Segundo ele, para acompanhar a concorrência, as empresas precisam investir em um mix de produtos e serviços.


Estudo traça diagnóstico

O diagnóstico do setor de Panificação e Confeitaria de Maceió, com base nos critérios da Fundação Nacional da Qualidade - FNQ, foi realizado pelo Sebrae em Alagoas, entre os meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012, e constou de uma pesquisa com 40 estabelecimentos. O estudo identifica gargalos e propõe melhorias às empresas participantes do Projeto Indústria Maceió e Entorno.

 

Segundo dados do Instituto Tecnológico da Panificação e Confeitaria - ITPC, o Nordeste possui a segunda maior concentração de panificações do Brasil, com 24% delas, ficando atrás apenas da região Sudeste, que possui 43%. Em Alagoas, existem 1.782 empreendimentos cadastrados no Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado de Alagoas - Sindipan.

O diagnóstico desenvolvido pelo Sebrae avalia aspectos como estratégias, clientes e resultados. O estudo identifica dificuldades como falta de capacitação dos colaboradores e pouco investimento no desenvolvimento gerencial. A pesquisa também traça um perfil das empresas em Maceió. Mostra que as padarias possuem uma média de seis a dez funcionários e que seu faturamento anual varia de R$ 360 mil a R$ 700 mil.


Empregos


Para o gestor do Projeto Indústria Maceió e Entorno pelo Sebrae em Alagoas, Hygo Ribeiro, o diagnóstico é a primeira ação para o segmento e verifica em que nível se encontram as panificações de Maceió. Ainda segundo Hygo, diante dos resultados obtidos, haverá tratamentos específicos para cada empresa.


O próximo passo é ir a cada panificação e mostrar o resultado da pesquisa. Logo após as visitas, serão iniciadas as capacitações e consultorias. De acordo com dados do ITPC, o segmento de Panificação alagoano, composto em sua maioria por micro e pequenas empresas, representa 780 mil empregos diretos e 1,8 milhão de indiretos.


 

Fonte: Site da Padaria Moderna

 


 

Recomendar para amigo

Últimas matérias Data
Novas tecnologias e equipamentos inovadores na FIPAN 2013 29-07-2013 às 07:51:54
Norma Pão Tipo Francês – Diretrizes para avaliação da qualidade e classificação 26-07-2013 às 08:07:30
Escola francesa de panificação chega ao Brasil 25-07-2013 às 08:18:59
Pesquisa diz que Alimentação na Rua é Mais Saudável que a de Casa 24-07-2013 às 09:15:27
Fipan - Padarias estão em alta 23-07-2013 às 12:03:52
Participantes da Fipan aproveitam para fazer visita guiada a Le Bon Pain 23-07-2013 às 10:12:31
Sindicato da indústria da panificação leva missão empresarial à Fipan 23-07-2013 às 07:21:46
Abertura da Fipan 2013 23-07-2013 às 07:15:10
Chega ao Fim o XIX Curso de Formação de Consultores e Multiplicadores 19-07-2013 às 09:57:31
Indústria francesa de pães e bolos quer mais seis fábricas no Brasil 16-07-2013 às 08:11:41
<<  Anterior  1  2  3  4  [5]   6  7  8  9  10 Próxima  >>

Tamanho da fonte:



Pesquisa Virtual

O que chama a sua atenção nas feiras do setor?

Palestras

Oficinas

Clínicas tecnológicas

Visitas técnicas

Debates

Votar | Ver resultados


Destaques